sexta-feira, 21 de maio de 2010

Eu acordei. Ou, pelo menos, eu deveria. Mas o som da chuva me fez voltar instantaneamente para meu sono, feliz e culpada. Eu estava exausta demais para me obrigar a levantar. O som da chuva era como a doce voz de uma boa mulher me dizendo "Volte. Não se preocupe. Durma tranquila..."

Um comentário:

  1. Belissimo, você escreve maravilhosamente bem hein mocinha, rs. Amei :D

    ResponderExcluir