segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Heloise e o Gandula

Ontem eu e minha prima Keyte finalmente tomamos vergonha na cara e fomos pra rua, depois de muito tempo, para brincar com a Heloise (minha bola de vôlei).
Eu estava animada, jogando, zoando com ela quando ela não pegava a bola, quando chegou um menininho... muito fofo, bonitinho, muito gentil que pegava a bola pra gente e deixava a gente muito feliz...
Mentira! Um garotinho irritante que pegava a bola e ficava querendo jogar, enchendo o saco, e ainda chutou a bola pra mim de longe quando eu falei para não chutar – eu não gosto que chute porque é bola de vôlei, e não de futebol.
Ele tava andando de bicicleta, parou e ficou pedindo pra gente jogar pra ele, nenhuma de nós jogou, é claro. Então ele voltou a andar de bicicleta e passava toda hora perguntando quem tava ganhando – nós não estávamos competindo, nem contando pontos, só jogando. E ainda falou “quando acabar sou eu”. Aham, tá. Agora senta lá.
A Keyte perguntou “quem tá mais irritada, eu ou você?”, eu falei “eu não to irritada”, fazia tempo que eu não jogava e eu queria me divertir.
Ele ficou passando com a bicicleta entre a gente, e ficou parado no meio.
Ele ainda teve a pachorra (nem sei que diabo é isso) de encostar a bicicleta em mim como se me atropelasse. Eu falei, sem me importar muito, que ele era um péssimo ciclista. Ele achou que eu o estava xingando e entendeu “besta”, eu falei “ciclista”, ele nem sabia o que era, eu falei “esquece” ele respondeu “esquece você”.
Ah, eu mereço...
Teve um momento em que eu falei “Keyte, eu ou você?”, a pergunta na verdade era – eu ou você que vai dar uma bolada “sem querer” nele? Mas dar bolada nos outros “sem querer” é difícil e nós não levamos isso a sério, pena.

2 comentários:

  1. Ninguém merece..........................

    ResponderExcluir
  2. olha só, eu vi 1 comentário e desconfiei q seria você, q ótimo
    ;P

    ResponderExcluir